Poder

Cabo da PM é afastado após planejar assalto a uma mercearia em Santa Inês

Um cabo da Polícia Militar, identificado como Genilson Sousa Bastos, é suspeito de planejar um assalto a uma mercearia em Santa Inês. A investigação começou na última sexta-feira (4), a partir da prisão dos dois suspeitos de assaltarem o estabelecimento comercial, localizado no Centro da cidade.

Os criminosos invadiram a mercearia, levaram joias do proprietário do local e todo o dinheiro que estava no caixa. No mesmo dia, os suspeitos, que estavam em uma motocicleta roubada, foram perseguidos e presos pela Polícia Militar.

Segundo o delegado Elson Ramos, após a prisão, um dos criminosos citou o nome de Genilson como sendo o articulador do assalto. O suspeito afirmou que o cabo da PM pretendia ficar com uma pulseira e cordões de ouro da vítima. Diante disso, a polícia fez uma análise nas mensagens no celular do suspeito e constatou que o número era do policial militar.

“O policial vai ser indiciado pelo crime de roubo qualificado, com aumento de pena”, ressalta o delegado.

O Comando do 7° Batalhão de Santa Inês se manifestou por meio de nota sobre a investigação, afirmando que medidas disciplinares e legais estão sendo tomadas contra o PM. Eles também ressaltaram que, em virtude da abertura de procedimento investigatório administrativo militar, Genilson Sousa foi afastado dos seus serviços.

Os advogados do policial suspeito estiveram na Delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Cabo da PM é afastado após planejar assalto a uma mercearia em Santa Inês”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Brasil, a casa da mãe Joana

    Agora a quem recorrer? Se os bandidos hora estão fardados, hora não, como vamos reconhecer-los?

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários