Poder

MP investiga contratos de R$ 16 milhões entre Prefeitura de Ribamar e Instituto de Saúde

Prefeito de São José de Ribamar, dr. Julinho.

A Prefeitura de São José de Ribamar, administrada pelo médico Júlio César de Souza Matos (PL), o dr. Julinho, está no bojo de uma investigação que apura supostas ilegalidades na contratação milionária do Instituto Nacional de Tecnologia, Educação, Cultura e Saúde-INATECS, dos sócios Lauro Alves de Sousa Filho e Leuda Sousa da Silva.

O inquérito foi instaurado pelo titular da 1ª Promotoria de Justiça Cível de São José de Ribamar, Márcio José Bezerra Cruz, que já determinou a coleta de informações, depoimentos, certidões, perícias e demais diligências para posterior instauração da ação civil e/ou penal ou arquivamento dos autos.

Márcio Cruz enviou um ofício à Secretaria Municipal de Saúde pedindo que encaminhe com urgência a documentação referente a contratação do Inatecs.

A reportagem do Blog do Neto Ferreira apurou que a gestão do dr. Julinho firmou o primeiro contrato, sem licitação, com o Instituto em junho de 2021 no valor de R$ 16.221.822,94 milhões visando a operacionalização e execução dos serviços de saúde no Hospital e Maternidade de São José de Ribamar.

Em novembro, a Prefeitura voltou a contratar o Inatecs por R$ 403.226,13 mil, mediante a dispensa de licitação, para realizar serviços de mutirão de cirurgia para atender as necessidades da Secretária Municipal de Saúde.

Se somados, os contratos chegam na ordem de R$ 16.625.049,07 milhões.

O Inatecs fica localizado no Edifício Marcus Barbosa – Intelligent Office – sala 410A, no bairro do Calhau, área nobre de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários