Poder

Meteorologia emite alerta laranja de chuvas intensas para o Maranhão

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu nesta terça-feira (4) um alerta laranja de chuvas intensas em todo o território do estado do Maranhão.

Segundo o Inmet, há previsão de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 a 100 milímetros por dia e, rajadas de ventos entre 60 a 100 km/h.

A expectativa é que o alerta permaneça até esta quarta-feira (5). Há risco, também, de queda de energia elétrica, de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

O Inmet alerta, em caso de rajadas de vento, que a população não se abrigue embaixo de árvores, desligue aparelhos elétricos e em situações de risco, ligue para a Defesa Civil (199) e para o Corpo de Bombeiros (193).

Chuvas no Maranhão

As chuvas intensas que têm sido registradas nas últimas semanas no Maranhão, têm castigado inúmeros municípios. Centenas de famílias ficaram desabrigadas devido a cheias do Rio Itapecuru e Tocantins, no interior do estado.

Em Mirador, a cheia do Rio Itapecuru deixou a cidade praticamente debaixo d’água. A rua principal do centro comercial e nem o prédio da Câmara Municipal não foi poupado pela água.

O Corpo de Bombeiros de Balsas enviou uma equipe para a cidade de Mirador para auxiliar as famílias na remoção de seus bens. A Prefeitura está montando uma estrutura caso haja a necessidade de abrigar famílias que perderam as suas casas.

Em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, a cheia do Rio Tocantins já deixou 229 famílias desabrigadas. Durante a madrugada desta terça-feira (4), mais 25 famílias foram alocadas para abrigos improvisados pela prefeitura do município.

O temporal que caiu durante a madrugada desta terça-feira também causou prejuízos em rodovias. Na BR-010, próximo ao município de Ribamar Fiquene, duas árvores caíram e obstruíram a via.

Uma grande erosão cortou também, parcialmente, a BR-010, no km 228, na cidade de Governador Edison Lobão, entre os municípios de Porto Franco e Imperatriz, na região Tocantina do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários