Poder

Gerente é preso por importunação sexual contra funcionária de restaurante

Um gerente, de 38 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Maranhão pelo crime de importunação sexual praticado contra uma mulher de 44 anos de idade, na cidade de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís. A ação contou com apoio da Guarda Municipal.

Segundo o que foi apurado pela Delegacia Especial de Ribamar, o preso teria apalpado as partes intimas de uma funcionária, sem o consentimento da mesma, dentro do restaurante.

A mulher buscou atendimento na delegacia, onde registrou um Boletim de Ocorrência. O homem foi preso no bairro do Centro, em Ribamar. O caso deve continuar a ser investigado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Gerente é preso por importunação sexual contra funcionária de restaurante”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Brasil, a casa da mãe Joana

    O depoimento de uma pessoa sem a comprovação total dos fatos, leva a pessoa para prisão, caso seja uma mentira por parte da pessoa, como fica a situação? Por que falar até papagaio fala.

  2. Brasil, a casa da mãe Joana

    Que país é esse? Prende primeiro e investiga depois? e se for calúnia? A polícia prende para causar indignação na população? É para o cidadão ser agredido pela polícia e depois ser agredido pelos encarcerados? Para o cidadão perder o emprego? É para o cidadão perder a vida social? Perder a família? Porque não investiga primeiro para depois sentenciar a prisão se confirmado os fatos?

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários