Poder

Promotor mira empresário que usa três construtoras para abocanhar licitações no MA

Duas das três empresas administradas por Severino Britto.

O empresário Severiano Tenório Freire Britto está no centro de uma investigação que apura fortes indícios de fraude em procedimentos licitatórios envolvendo três construtoras maranhenses.

O inquérito foi instaurado por Nacor Paulo Pereira dos Santos, que é titular da 35ª Promotoria de Justiça Especializada e é o 8º promotor de Justiça do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, órgãos do Ministério Público Estadual.

Severiano Britto seria o verdadeiro dono das empresas Pactor Construções e Empreendimentos Ltda, Terramata Ltda e Plaza Construções e estaria usando as construtoras para abocanhar licitações no Maranhão, é o que aponta a investigação preliminar do MP. Ele estaria comandando as empresas por meio de procurações.

A reportagem do Blog do Neto Ferreira apurou que uma das empreiteiras é detentora contratos milionários no Governo Flávio Dino (PSB), a Terramata. A empresa também é integrante do “clube das empreiteiras”, um grupo criado para monopolizar e frustrar a concorrência dos certames públicos da gestão estadual maranhense (reveja aqui).

A Portaria publicada pelo representante ministerial não detalha em quais processos licitatórios teriam sido encontradas as supostas irregularidades.

Em consulta feita no site da Receita Federal, o Blog verificou que a Pactor está em nome de Fran Alberto Daniel Maranhão Sobrinho; já a Terramata tem como sócio-administrador Ricardo Barroso Del Castilho e a Plaza Construções pertence, no papel, a Maria Adelaide Tenório Vaz Freire Britto e Maria Luiza Tenório Dantas, que seriam esposa e enteada de Severino Britto.

Todos os representantes oficiais das construtoras foram notificados para prestarem esclarecimentos sobre o caso em um prazo de 10 dias, caso queiram.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários