Poder

PGJ investiga contratos de locação de veículos da Prefeitura de Alcântara

A Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) instaurou uma investigação criminal para apurar indícios de irregularidades em contratos de locação de veículos da Prefeitura de Alcântara.

O caso está sendo apurado pelo promotor de Justiça Fábio Henrique Meireles Mendes, por delegação do procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau.

Segundo as informações da PGJ, há supostas irregularidades nos contratos de empresa especializada em serviço de gerenciamento de frotas e nos contratos de locação de veículos e vans para o Município de Alcântara.

Como parte dos trabalhos, o promotor determinou o encaminhamento de todos os documentos dos processos licitatórios da Prefeitura referente aos objetos citados, incluindo os Contratos nºs 50, 51, 52 e 53/2021; b) Processo Administrativo nº 006/2021 e Pregão Eletrônico nº 001/2021-CPL/PMA, bem como os os Contratos nºs 060, 062 e 063/2021; e c) ARP nº 004/2021 para a Assessoria Técnica da Procuradoria-Geral de Justiça, onde serão analisados.

O prazo de conclusão o Procedimento Investigatório Criminal é 90 dias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “PGJ investiga contratos de locação de veículos da Prefeitura de Alcântara”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Licitação de R$ 2,6 milhões de Alcântara entra mira da Procuradoria Geral de Justiça – Blog do Vandoval Rodrigues

    […] Desde o ano passado, o Executivo Municipal vem se tornando alvo de inquéritos criminais que apuram ilegalidades em processos licitatórios que visam locação de veículos, fornecimento de materiais de expediente, limpeza, copa e cozinha, de kits escolares, de material hospitalar, laboratorial e odontológico e escritórios de advocacia e contabilidade (reveja aqui, aqui e aqui). […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários