Poder

‘O ministério da Saúde virou papagaio de pirata do presidente’, afirma Carlos Lula

A vacinação de crianças contra Covid-19 pode ser um dos principais fatores para conter a disseminação da Ômicron no Brasil e peça-chave para possibilitar a realização de grandes eventos, como o carnaval. As opiniões são do presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula.

Em entrevista, o gestor critica a postura do Ministério da Saúde, que classifica como “papagaio de pirata do presidente” na abordagem da pandemia, e defende cautela em relação às festividades de fim de ano.

Para ele, ainda há um fantasma de nova onda da doença e o cenário para 2022 é temerário. Lula destaca a importância de aumentar os índices de vacinação para continuar contendo o vírus e diz que o ministro Marcelo Queiroga “se fechou” e não dialoga com pessoas de opiniões divergentes.

Leia a reportagem completa aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “‘O ministério da Saúde virou papagaio de pirata do presidente’, afirma Carlos Lula”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Paulo César

    Só tem um porém Secretário,o Ministro é médico.Sobre saúde,entre um médico e um advogado,fico com o primeiro.

  2. Magno

    Tem outro porém, os respiradores que o papagaio comprou foram entregues, inclusive ao advogado secretário, já os respiradores pagos pelo advogado secretário nunca salvaram uma vida no Maranhão, o gato comeu o dinheiro e integrou os respiradores.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários