Poder

Para não aumentar a passagem de ônibus, Braide pagará R$ 12 milhões aos empresários

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou o fim da greve dos rodoviários, mas não informou quais foram os termos da negociação fechada com os empresários e motoristas. Porém garantiu que não haverá aumento da passagem de ônibus coletivo, pelo menos por enquanto.

O Sindicato dos Rodoviários, por meio de nota, afirmou que a categoria terá o reajuste de 5%, aumento no valor do ticket alimentação e o plano de saúde.

Entretanto, nada se falou sobre os empresários, que durante todo o período de paralisação, reclamavam de prejuízos milionários caso cedessem às pressões dos motoristas.

O deputado Yglésio Moyses (PSDB) compartihou em suas as redes sociais que foi feito o repasse de R$ 4 milhões pela Prefeitura de São Luís para as empresas do sistema de transporte público. Ou seja: subsídio.

O parlamentar não deu todos os detalhes, mas o acordo teria sido fechado em R$ 12 milhões e esse montante será dividido em três vezes.

Até o momento, Braide não esclareceu como se deram os trâmites da negociação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários