Poder

Investigação contra sócio do prefeito de Ribamar avança no Ministério Público

As investigações contra Everton de Carvalho Romão Ribeiro, sócio do prefeito de São José de Ribamar, dr. Julinho na empresa Procemed – Procedimentos Médicos Ltda e ex-diretor da cidade ribamarense, avançam e vira Inquérito Civil.

A informação é do titular da 1ª Promotoria de Justiça Cível de São José de Ribamar, Márcio José Bezerra Cruz.

Entre os pontos elencados para a instauração do inquérito foi necessidade de continuação dos trabalhos de verificação quanto as irregularidades, com diligências investigatórias próprias da atividade ministerial, como a coleta de informações, depoimentos, certidões, perícias e demais diligências.

A investigação preliminar foi iniciada como uma Notícia de Fato após a reportagem do Blog do Neto Ferreira denunciar o caso no início do mês de julho, onde relatava que o prefeito pagou R$ 1,6 milhão para Life Procedimentos Médicos Ltda nos meses de abril e maio com dinheiro público.

A empresa pertence a Everton de Carvalho Romão Ribeiro, sócio do dr. Julinho na Procemed – Procedimentos Médicos Ltda.

A Life recebeu dos cofres públicos os valores R$ 806 mil e R$ 809 mil, totalizando R$ 1,6 milhão. Além de sócio, Everton Romão era Assessor Especial 1, símbolo ISO-2, da Assessoria Jurídica de Ribamar e ocupava o cargo de Diretor da Maternidade Municipal.

Seis dias depois da abertura do procedimento no Ministério Público, o prefeito ribamarense exonerou o seu sócio do Executivo Municipal

Caso sejam comprovadas as irregularidades, Everton de Carvalho Romão Ribeiro poderá ser alvo de ação civil e/ou penal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários