Poder

Distribuidora de São Luís fica na mira do MP por suposto crime contra a ordem tributária

A 26ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís instaurou um Procedimento Administrativo para apurar indícios de crimes contra a ordem tributária e econômica praticados pela empresa Carvalho e Bittecourt, que atua no ramo de comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano.

O procedimento está sendo conduzido pelo promotor de Justiça José Osmar Alves.

Segundo as informações, a Secretaria da Fazenda do Marranhão enviou uma documentação ao Ministério Público relatando a suposta prática criminosa da distribuidora, que fica localizada na Av. Brasil, no bairro Olho D’agua, na capital maranhense.

A partir disso foi aberta uma Notícia de Fato, mas devido a necessidade do aprofundamento dos fatos, a NF foi convertida em Procedimento Administrativo.

O Parquet não informou o prazo de conclusão dos trabalhos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários