Poder

Josimar nega esquema e afirma que ação do Gaeco foi orquestrada pelo Estado

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho emitiu nota sobre a operação Maranhão Nostrum e nega qualquer envolvimento com esquema criminoso.

O parlamentar afirmou que a ação foi orquestrada pelo Estado e que desconhece a real motivação da invasão policial a sua residência e escritório. “Ressaltamos ainda que nenhuma prova foi apresentada, o que aumenta ainda mais a estranheza acerca de tal operação ou mesmo o que realmente buscavam”, disse.

Além disso, Josimar afirmou que está a disposição para qualquer esclarecimento.

Leia abaixo:

“Hoje, 06/10/21, fomos surpreendidos com uma ação orquestrada pelo Estado, na figura do GAECO – grupamento pertencente ao Ministério Público Estadual, Polícias Civil e Militar. Essa ação pautou-se em notícias de blogs e contratos licitatórios que não tem absolutamente nenhum relação com os Parlamentares que desconhecem a real motivação da invasão policial a sua residência e escritório.

Afinal, quando gestores no executivo municipal, nunca responderam a nenhuma ação por desvios de recursos ou danos ao erário.

A empresa de sua propriedade, há cerca de uma década, nunca estabeleceu contratos com órgãos públicos ou mesmo participou de processos licitatórios.

Ressaltamos ainda que nenhuma prova foi apresentada, o que aumenta ainda mais a estranheza acerca de tal operação ou mesmo o que realmente buscavam.

Vale ressaltar que os CPF’s dos Parlamentares não figuram em quadros societários das empresas apresentadas.

Reiteramos estarmos à disposição para quaisquer esclarecimentos necessários e que seguimos trabalhando para atendermos nossa população e honrando cada voto que tivemos”.

ASCOM – Deputado Josimar de Maranhãozinho


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários