Poder

Caçador é preso por matar onça-preta em aldeia indígena no Maranhão

A Polícia Civil prendeu, na quarta-feira (20), em flagrante delito, um caçador identificado com as inicias O. L. dos S. por ter abatido uma onça negra, na Área Indígena Arariboia, Arame.

A prisão em flagrante ocorreu após a circulação de vídeo nas redes sociais, em que indivíduos exibiam o animal de grande porte.

As imagens repercutiram em virtude da comoção causada pela morte do felino.

Na posse do suspeito foi encontrado o couro da onça abatida, duas armas de fogo do tipo espingarda, oito munições calibre 20mm intactas e quatro deflagradas, além pólvora e outros materiais utilizados na prática de caça de animais silvestres.

O suspeito permanecerá à disposição da justiça e o inquérito prosseguirá.

A onça-preta é da mesma espécie da onça-pintada e até então nunca tinha sido capturada na Caatinga. Extremamente ameaçada de extinção no Nordeste brasileiro, a espécie é considerada o maior felino das Américas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Caçador é preso por matar onça-preta em aldeia indígena no Maranhão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. junior

    Filha da puta, esse maldito infeliz deve ficar bastante tempo preso para pagar pelo crime que cometeu.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários