Poder

Promotoria investiga contratos irregulares entre Prefeitura de Loreto e Consigo Comercial

O promotor de Justiça Nilceu Garbim Júnior instaurou um inquérito para apurar irregularidades em contratos firmados entre a Prefeitura de Loreto e a empresa Consigo Comercial.

Segundo as informações, foi formulada uma Representação no âmbito do Ministério Público relatando indícios de ilegalidades nas contratações da Consigo pelo Executivo de Loreto.

Para aprofundar o caso, o promotor Nilceu Garbim decidiu instaurar um inquérito para colher mais informações, uma vez que a documentação acostada aos autos ainda não é suficiente para que se forme um juízo seguro de valor acerca da suposta conduta irregular objeto da representação.

Em outubro do ano passado, o Blog do Neto Ferreira publicou que a construtora Consigo Comercial movimentou cifras milionárias na Prefeitura de Loreto.

Os acordos contratuais foram celebrados durante o período de 2017 a 2019 e somam nada menos do que R$ 1.937.669 milhão. Os documentos mostram que a maioria dos objetos das licitações são locações de veículos pesados (caminhões e máquinas) e para o transporte escolar. Boa parte do montante milionário que foi pago à empresa saiu dos cofres da Educação e da Saúde.

Um ponto que vale destacar é que a Consigo foi contratada apenas pela Prefeitura de Loreto durante o período citado acima, exceto um contrato que ganhou na Câmara de Vereadores de São Raimundo das Mangabeira em 2017.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários