Poder

Procurador eleitoral apura nova propaganda antecipada de Weverton Rocha

O senador e pré-candidato ao governo do Maranhão, Weverton Rocha (PDT), é alvo novamente de uma apuração por propaganda eleitoral antecipada.

Segundo o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, Weverton realizou um evento realizado no município de Presidente Dutra no dia 04/09/2021, onde houve atos que podem caracterizar possível propaganda eleitoral antecipada, visando às eleições de 2022.

A divulgação do evento ocorreu no perfil do Instagram do senador.

Juraci Guimarães afirmou que durante a reunião foram proferidas falas que configuram, em tese, violação ao art. 36 da Lei nº 9.504/97, que versa o seguinte: “A propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 15 de agosto do ano da eleição”.

Para apurar os fatos, o procurador instaurou um Procedimento Preparatório Eleitoral (PPE) nos arts. 58 e seguintes da Portaria PGR/PGE n. 01/2019.

Caso a violação da Lei seja confirmada, Weverton Rocha poderá ser responsabilizado judicialmente.

Essa não é primeira vez que o senador é alvo do Ministério Público Eleitoral. No final do mês de Agosto, o procurador ingressou com uma Ação eleitoral baseada na realização do ato de “lançamento de pré-candidatura” de Weverton Rocha, com ampla participação popular e que contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores e outras lideranças políticas, com elevado nível de organização e presença de elementos padronizados de propaganda eleitoral, destacando-se a existência de adesivos, telões e aparelhagem de som. A repercussão da propaganda antecipada ainda foi acentuada pelo uso de hashtags nas publicações como “#Weverton”, “#OmaranhaoMaisFeliz”.

O Tribunal Regional Eleitoral acolheu a Representação e determinou que o pré-candidato retirasse todas propagandas das redes sociais sob pena de multa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Procurador eleitoral apura nova propaganda antecipada de Weverton Rocha”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Weverton Rocha vira alvo da Procuradoria Eleitoral após “busdoor” com Lula - Neto Ferreira – Conteúdo InteligenteNeto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] Essa não é a primeira vez que o parlamentar é alvo de um PPE. Em 17 de setembro, o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, instaurou um procedimento para apurar um evento realizado por Rocha no município de Presidente Dutra no dia 04/09/2021, onde houve atos que podem caracterizar possível propaganda eleitoral antecipada, visando às eleições de 2022 (relembre aqui). […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários