Poder

TRF-1 abre prazo para defesa de Carlos Lula em processo por fraude em licitação

O juiz federal Érico Rodrigo Freitas Pinheiro, em substituição ao desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), Névito Guedes, determinou a intimação pessoal do secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, denunciado por fraude em licitação na Operação Sermão aos Peixes, deflagrada pela Polícia Federal no Maranhão.

O chefe da Saúde tem 15 dias para apresentar defesa prévia sobre os fatos.

Carlos Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por ter beneficiado um Instituto que mantinha contratos milionários na SES.

Na denúncia apresentada em meados de 2018, a Procuradoria Regional da República da 1ª Região (PRR) do MPF pediu a condenação de Carlos Lula e que ele repare os danos causados pelos crimes praticados em R$ 8,5 milhões, além disso perca a função pública.

Se for condenado, além do ressarcimento milionário, Lula pode pegar detenção de dois a quatro anos e multa.

A notificação foi expedida ao secretário em 23 de julho de 2021. Os autos seguem tramitando sob sigilo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “TRF-1 abre prazo para defesa de Carlos Lula em processo por fraude em licitação”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Rivellino Batista

    O Governador do Maranhão, Dino, está falando asneiras nesse momento, dia 23 de agosto 2021, às 19:15, como sempre, na BandNews, sobre o 7 de setembro. Dando uma de Santinho do Pau Oco. Falando asneiras para o Brasil todo. Deus me livre desse papinho de comunistinha. Não sou obrigado a ouvir isso não, por favor!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários