Poder

Sinfra suspende licitação de R$ 35,6 milhões para obras na rodovia MA-247

A Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) suspendeu a licitação da obra de pavimentação da rodovia MA-247 de R$ 35,6 milhões após erros no Edital.

Documento mostra que uma das concorrentes, a empresa Construservice Empreendimentos, apresentou um recurso impugnando o processo depois de constatar algumas falhas nas exigências do certame.

A empreiteira questionou a Comissão de Licitação sobre dados técnicos como a planilha orçamentária, onde os preços sem BDI estão com duas casas decimais, enquanto os preços unitários com BDI estão com quatro casa decimais, e a composição de mobilização de equipamentos, a última linha referente à mobilização do equipamento E9785 (Guindaste sobre caminhão) não foi somada.

O setor de projetos da Sinfra acolheu os argumentos e questionamentos da Construservice e afirmou que o orçamento precisaria ser revisado.

Com base nessas informações, Athos de Carvalho de Melo e Alvim, presidente em exercício da CSL/SINFRA, suspendeu o Edital de licitação.

“A Secretaria de Estado de Infraestrutura – SINFRA, através do Presidente da Comissão de Licitação em exercício, torna público, para conhecimento dos interessados, que, em virtude dos Pedidos de esclarecimentos apresentados em face do instrumento convocatório objetivando contratação de empresa especializada para a realização de obras para melhorias e pavimentação da MA-247 no trecho compreendido entre o Município de São Luís Gonzaga e o Entroncamento da MA-122 (Trizidela do Vale) com 26,59 km de extensão, no que tange a erros na planilha orçamentária, a sessão designada para o dia 16/08/2021, às 09:30h, fica SUSPENSA até ulterior deliberação. Tão logo sejam sanados os questionamentos apresentados, os licitantes adquirentes do Edital e demais interessados serão devidamente comunicados sobre os atos subsequentes”.

Ainda não foi divulgada a data para a reabertura do processo licitatório.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários