Poder

Promotoria investiga empresa que não forneceu materiais para Prefeitura de Nova Colinas

A 1ª Promotoria de Justiça de Balsas instaurou um inquérito para apurar contratação entre a empresa A. G. Maia – ME e a Prefeitura de Nova Colinas.

Segundo o Ministério Público, a Maia Empreendimentos, como é conhecida no mercado, não prestou o serviços contratados.

Em consulta ao Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas do Tribunal de Contas do Estado, o Blog do Neto Ferreira identificou que a empresa de Balsas abocanhou 5 contratos entre 2017 e 2018 na Prefeitura de Nova Colinas orçados em R$ 588.408,50 mil para entregar equipamentos de informática.

Os materiais não foram completamente entregues, mas foram pagos pelo Executivo, de acordo com o MP.

As investigações iniciaram a partir da abertura de uma Notícia de Fato, que depois foi convertida em Inquérito Civil, devido à necessidade do aprofundamento dos fatos. O prazo de conclusão dos trabalhos é de 1 ano.

O caso está sob a responsabilidade da promotora de Justiça de Balsas, Dailma Maria de Melo Brito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários