Poder

Promotor Cláudio Guimarães é acusado de fechar entradas da praia do Olho d’Água

O promotor de Justiça, Cláudio Guimarães, está sendo acusado de fechar entradas da praia do Olho d’Água para beneficiar a sua escola de kitesurf.

Em vídeos gravados pelo deputado estadual Yglésio Moysés moradores relatam os transtornos causados pelo fechamento dos acessos e afirmam que o causador dos prejuízos é o promotor, que determinou que fechasse as entradas em benefício próprio.

Uma das pessoas que reside no local afirmou que está quase sendo proibida de entrar na própria casa.”Eu não to entendendo o porque estão fechando as entradas. Nós não temos mais acesso”, disse uma das moradoras do Olho d’Água.

Outro morador explicou o que está ocorrendo na praia e contou que estão quase presos: “Um [acesso] foi fechado pelo senhor Cláudio Guimarães ali na frente. E agora esse aqui foi fechado ontem. A gente está praticamente preso, não tem como entrar com o carropara a garagem. O acesso a viatura, o caminhão do lixo, nada disso está vindo aqui até a gente. O senhor Cláduio Guimarães tem uma escola de kitsurf aqui. Eles cercam a praia para uso exclusivo dele. Ele quer que a praia seja toda dele aqui no Olho d’Água”.

O promotor Cláudio Guimarães foi questionado pelo deputado Yglésio sobre o caso e confessou que teria, sim, mandado fechar as entradas da praia. O representante ministerial ainda alegou que o fechamento teria sido com base em ordem judicial.

Com uma retroescavadeira, o parlamentar conseguiu liberar os acessos e assegurar os direitos de ir e vir aos moradores.

Em contato com o Blog do Neto Ferreira, o promotor afirmou que o deputado está descumprindo uma determinação da Justiça Federal e garantiu que quem bloqueou os acesso à praia foi a Prefeitura de São Luís.

Guimarães disse ainda que as anilhas de concreto que impedem a passagem nas entradas são da Secretaria Municipal de Trânsito (SMTT).

“O Deputado está descumprido determinação da Justiça Federal. Quem bloqueou os acessos à praia foi a Prefeitura. As anilhas pertencem ao SMTT. Eu apenas não permiti que ele retirasse as anilhas”.

Procurado, o deputado se pronunciou e rebateu a fala do promotor frisando que a Prefeitura fechou uma das ruas e o outro acesso quem bloqueou foi o representante do MP com uma máquina.

“Com uma máquina, ele cavou uma vala. Vários populares são testemunhas disso. Inclusive, ele colocou uma anilha de concreto a mais no local em que a Prefeitura tinha feito e a decisão judicial resguarda o direito de ir e vir dos moradores. Tanto que eles [moradores] estavam sendo privados de entrarem em suas casas, em claro descumprimento judicial”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Promotor Cláudio Guimarães é acusado de fechar entradas da praia do Olho d’Água”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José Alves

    Tem que representar esse promotor no Cnmp. Pensa que é Deus.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários