Poder

Brandão dizia que governo Lula gerou crise aos pobres

Vice-governador, Carlos Brandão, ao lado do ex-presidente Lula, em visita a obras no Maranhão.

Apesar de recebido o maior líder político petista com um sorriso largo, na noite de quarta-feira (18), em São Luís, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), já foi um crítico ferrenho do governo do ex-presidente Lula enquanto cumpria seu mandato na Câmara Federal.

Essa movimentação de Carlos Brandão demonstra que ele está disposto a ganhar apoio até de quem criticava e tinha repulsa no passado para chegar à chefia do Palácio dos Leões – sede oficial do governo do Estado.

Em vários discursos no plenário da Casa Legislativa enquanto deputado federal, Brandão repudiava veementemente as ações governo federal e em um deles chegou a dizer que o então presidente Lula estaria deixando o pobre em crise.

“Este é o meu protesto contra essa medida do Governo Federal que está gerando uma verdadeira crise, senão no Brasil como um todo, mas para os mais necessitados, os pobres. E acrescento que a “marola” anunciada pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pode virar um tsunami de desastrosas proporções, caso não tomemos as medidas cabíveis a tempo.”

Em outro pronunciamento na Câmara, Carlos Brandão afirmou que o ex-presidente queria fechar as portas das prefeituras. O vídeo foi publicado pelo site Luís Pablo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários