Poder

Promotoria abre inquérito contra prefeito de Matões por enriquecimento ilícito

O prefeito de Matões, Ferdinando Araújo Coutinho, está no bojo de um inquérito que apura indícios de enriquecimento ilícito.

A investigação está em curso na Promotoria de Justiça de São João dos Patos, sob os cuidados do titular Renato Ighor Viturino Aragão.

Para o Parquet, há suspeita de que o gestor e a servidora municipal Dóris Andréia Souza de Araújo Silva praticaram atos de enriquecimento ilícito, dano ao erário e/ou atentado aos princípios da Administração Pública.

De acordo com a Portaria publicada pelo Ministério Público estadual, a apuração teve origem com a abertura da Notícia de Fato (SIMP 253-073/2020), que foi instaurada em 21 de julho de 2020. Após expirar o prazo de validade, a NF foi convertida em Inquérito Civil.

O promotor de Justiça já determinou a coleta de informações, depoimento, certidões, perícias e demais diligências. Caso seja comprovada as acusações, o prefeito de Matões poderá ser acionado judicialmente por improbidade administrativa.

Renato Ighor Viturino Aragão também encaminhou ofício ao Secretário de Educação de Matões requisitando informações sobre em qual colégio Dóris Andréia Souza de Araújo Silva prestou serviços como Vice-Diretora nos anos de 2018 e 2019, quais eram as suas atividades e a folha de ponto dos servidores do colégio comprovando a sua presença. O prazo do envio das informações é de 10 dias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários