Poder

MPF apura irregularidades em convênio da Prefeitura de Açailândia e Codevasf

O Ministério Público Federal, por meio da procurador da República Paulo Henrique Cardozo, vai apurar supostas irregularidades em convênio firmado entre a Prefeitura de Açailândia e a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco – CODEVASF.

A investigação iniciou com a abertura do Procedimento Preparatório 1.19.001.000133/2020-09, cujo teor estava relacionado à suspeita de irregularidades ao Convênio 8.383.00/2019 (SICONV nº 896016).

Após constatar a necessidade do aprofundamento dos fatos, o procurador Paulo Cardozo converteu o PP em Inquérito Civil.

O Blog do Neto Ferreira identificou que o valor do Convênio é de R$ 8.615.000,00 milhões e tem como objeto a execução da obra de pavimentação asfáltica de vias urbanas de Açailândia.

A Prefeitura já lançou o edital de licitação, que deverá iniciar no próximo dia 7 por meio da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários