Poder

Nepotismo: esposa do prefeito nomeia irmão para cargo na Semus de Mirinzal

O prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida, nomeou a própria esposa, Larissa de Maria Schalcher Mendes Almeida, para o cargo de secretária de Saúde do município.

Larissa Almeida é formada em medicina veterinária, portanto sem qualquer capacidade técnica para ocupar o cargo de chefia da Saúde municipal. O que caracteriza ato de nepotismo perpetrado pelo gestor de Mirinzal.

Após ser nomeada a Secretaria de Saúde, Larissa nomeou o próprio irmão José David de Castro Neto. Mais um caso claro de favorecimento familiar.

O prefeito de Mirinzal também colocou o seu irmão, Cláudio Santos Almeida, para comandar a Secretaria de Planejamento e Finanças. A nomeação do parente de Amaury não configura nepotismo, segundo a Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal (STF), uma vez que o titular do órgão municipal é formado em Administração e, por isso, tem capacidade técnica para exercer o cargo.

“A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal”, determinou o Supremo.

Desse modo, a contratação de parentes de até terceiro grau em cargos de confiança está proibida nos três poderes, nas esferas federal, estadual e municipal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Nepotismo: esposa do prefeito nomeia irmão para cargo na Semus de Mirinzal”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Tuntum

    TUNTUM
    Nepotismo está demais também, Família do Prefeito com o sobre nome ( Pessoa ) mais de 100 Funcionários com esse sobre nome, Portal da Transparência divulgar e a Justiça faz as demissões.

  2. SILVIO

    Neto,

    Eu queria saber quais os critérios para saber da competência ou não de alguém assumir uma secretaria, independente de quê…….Não sou de Mirinzal, não conheço esse senhor que é o prefeito…..mas falar que o fato de ser médica veterinária “sem qualquer capacidade técnica para ocupar o cargo de chefia da Saúde municipal” isso é simples palpite.

    Entendo que para ser secretário de Saúde não precisa ser médico………quando você põe um médico na gestão, é um médico a menos para clinicar, um médico a menos nos consultórios……

    O secretário de saúde do Estado é profundo conhecedor de direito eleitoral e se assim fosse, não teria condições de dirigir a saúde do Estado….e diga-se de passagem, tem feito um excelente trabalho.

    Se você quiser levar a coisa para o lado do nepotismo, eu calo……mas estampar competência ou não de alguém para dirigir determinada secretaria ou órgão somente emitindo palpite, não dá.

    Atenciosamente,

    Silvio Eduardo

  3. Ildo

    Nepotismo nas prefeituras do Brasil não é crime, é moda, crime é a omissão do ministério público……..motivo da omissão? Fingimos não saber .

  4. junior

    Dinheiro e poder compra tudo.

  5. SILVIO

    publique meu comentário

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários