Poder

Edivaldo ocultou quase 60% de recursos federais enviados a São Luís para Covid-19

ATUAL7

Gestão do ex-prefeito de São Luís foi alvo de quatro operações da Polícia Federal contra fraude e superfaturamento em contratos relacionados à pandemia.

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (sem partido), ocultou quase 60% do destino dado a recursos federais destinados para ações de combate à pandemia do novo coronavírus na capital, segundo levantamento do TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão.

De acordo com a corte de Contas, a partir de cruzamento de dados dos portais da transparência da prefeitura e do Governo Federal com informações do sistema de acompanhamento de contratações públicas do próprio TCE, constatou-se que Edivaldo informou o destino de apenas 41,15% do dinheiro público.

Ao todo, o governo Jair Bolsonaro (sem partido) enviou no ano passado para São Luís exatos R$ 147.734.489,72 para enfrentamento à pandemia. Do montante, porém, segundo o TCE do Maranhão, a aplicação de apenas R$ 60.789.829,58 foi informada pelo ex-gestor.

A gestão de Edivaldo Júnior foi alvo de pelo menos três operações da Polícia Federal em 2020 para cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão, em investigações contra fraude e superfaturamento na aquisição de equipamentos contra a Covid-19. Em 2021, foi deflagrada uma quarta operação, resultado de desdobramento das anteriores.

TUDO SOBRE CORONAVÍRUS EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR SÃO LUÍS


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Edivaldo ocultou quase 60% de recursos federais enviados a São Luís para Covid-19”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. ANTONIO DE JESUS MARTINS

    Então podemos dizer que ele é o maior mentor dos desvios da Semus com o Lula Filho e boca a fopra falam em investimentos fora do estado em nomes de terceiros. Precisará ter uma investigação mais profunda por parte do MP e da PF e o povo está de olho. Será que nesse país só quem vai preso é pobre?

  2. ANTONIO MARTINS

    Então podemos dizer que ele é o maior mentor dos desvios da Semus com o Lula Filho e boca a fora falam em investimentos fora do estado em nomes de terceiros. Precisará ter uma investigação mais profunda por parte do MP e da PF e o povo está de olho. Será que nesse país só quem vai preso é pobre?

  3. Ildo

    Se tratando do Brasil é normal a roubalheira.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários