Poder

SES diz que não há transmissão local da cepa indiana da Covid-19 no Maranhão

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou, em nota divulgada na noite desta segunda-feira (24), que, até o momento, não há confirmação de transmissão local da variante B.1.617.2 do novo coronavírus (Covid-19), conhecida como variante indiana, que está sendo classificada como digna de preocupação global por sua facilidade de disseminação.

De acordo com a SES, 102 amostras de pessoas que tiveram contato direto e indireto com os tripulantes do navio MV Shandong Da Zhi, onde foram registrados casos positivos da variante indiana da Covid-19, foram enviadas ao Instituto Evandro Chagas, em Belém, que é referência para sequenciamento genômico.

Enquanto o resultado das amostras não é divulgado, a SES comunica que está monitorando os contactantes com tripulantes do navio por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) e mantendo a cooperação com a Anvisa e o Ministério da Saúde.

Sobre os tripulantes do navio MV Shandong Da Zhi, o último boletim médico da SES revela que as 23 pessoas embarcadas estão assintomáticas e em quarentena na embarcação, que está em área de fundeio em alto mar, distante 50 quilômetros da costa maranhense. O único tripulante internado, um indiano de 54 anos, continua em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com quadro clínico grave, em um hospital da rede privada em São Luís.

Entenda o caso

A SES informou, no dia 15 de maio, que um homem de nacionalidade indiana, de 54 anos, foi internado em um hospital da rede privada em São Luís com sintomas do novo coronavírus (Covid-19). O homem começou a sentir os sintomas da doença em 4 de maio, teve febre e foi encaminhado em um helicóptero para o hospital, por determinação da equipe médica.

Por causa da nacionalidade do primeiro teste positivo, a SES monitorou a possibilidade da presença de uma nova variante do coronavírus entre os infectados, o que foi confirmado na última quinta-feira (20), pelo Instituto Evandro Chagas, de Belém. A Índia é a líder mundial em número diário médio de novas mortes por coronavírus e apresenta uma variante da Covid-19 que se dissemina mais facilmente.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários