Poder

Promotoria investiga compra superfaturada feita pela Prefeitura de Guimarães

A Promotoria de Justiça de Guimarães instaurou um inquérito para apurar uma compra supostamente superfaturada realizada pela Prefeitura da cidade.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério Público, a empresa J. de Sousa foi contratada para fornecer equipamentos hospitalares pelo valor de R$ 481 mil no ano passado.

Além dos indícios de superfaturamento, os materiais, de acordo o Parquet, não teriam sido entregues.

As investigações iniciaram a partir da Notícia de Fato 000008-041/2021, que narra as supostas irregularidades acima mencionadas. Devido a necessidade do aprofundamento do caso, o promotor de Justiça, Frederico Bianchini Joviano dos Santos, converteu a NF em Inquérito Civil.

Após isso, determinou diligências para mais esclarecimentos sobre os fatos objeto da investigação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Promotoria investiga compra superfaturada feita pela Prefeitura de Guimarães”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Ildo

    Existe compra pelos órgãos públicos que não são super saturadas? Os gestores se fazem e nós também.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários