Poder

Licitação da Seinc é alvo de investigação por indícios de ilegalidades

A 35ª Promotoria de Justiça Especializada instaurou um inquérito para apurar supostas ilegalidades em licitação da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), que tem como titular Simplício Araújo (SD).

A Portaria foi publicada no Diário Eletrônico do Ministério Público.

Segundo as informações, a pasta comandada por Simplício Araújo está no bojo da investigação após a abertura da Notícia de Fato SIMP nº 001640-509/2020 que foi convertida no Inquérito Civil – IC 37/2020-35ª PJE.

O procedimento investigatório tem como foco a apuração de supostas ilegalidades no Pregão 002/2020 da Seinc, que tem como objeto a contratação de empresa especializada em agenciamento de viagens.

O inquérito tem prazo de conclusão de 1 ano.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários