Poder

Indígena de cinco anos é encontrada morta em um córrego de Arame

Uma criança indígena de cinco anos de idade foi encontrada morta na região do município de Arame. Identificada como Vanessa Gomes Guajajara, a menina estava desaparecida desde a manhã desta segunda-feira (25), quando sumiu da Aldeia Barreirinha, que faz parte da Terra Indígena Arariboia.

Segundo a mãe da criança, Regina Guajajara, Vanessa sumiu em um momento de distração, quando ambas estavam lavando louças dentro de casa.

Após o sumiço da menina, policiais militares foram acionados e realizaram buscas pela região. Vanessa foi encontrada pelo pai em um córrego, próximo da Aldeia Barreirinha, e com marcas de violência.

“A criança é uma deficiente física, não andava direito, não falava. Os índios querem justiça”, afirmou Érika Nogueira, que é ativista dos povos indígenas no Maranhão.

A Polícia Federal informou que o caso não se tratava de violação dos direitos indígenas e deve ficar a cargo da Polícia Civil, que ainda não sabe a motivação do crime.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários