Poder

UMF lança chatbot para agilizar atendimentos de usuários

A Unidade de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Tribunal de Justiça do Maranhão (UMF/TJMA) lançou o Chatbot Telegram SISUMF, com o intuito de agilizar o atendimento das demandas encaminhadas pelos usuários da Justiça ao órgão.

A ferramenta – proposta pela Divisão Estrutural Técnica da UMF e desenvolvida pela Diretoria de Informática do TJMA – irá possibilitar a automatização do processo de atendimento feito pela Unidade de Monitoramento Carcerário.

O servidor da Divisão Estrutural Técnica da UMF, Jesus Martins, responsável pela proposição do projeto, explica que a iniciativa integra um plano de mudanças e implementações nas bases estruturais e digitais que compõem a unidade, visando à melhoria do atendimento ao usuário final e aumento de produtividade da UMF.

“Buscando uma solução tecnológica prática e de custo zero, que automatiza o processo de atendimento, tendo em vista que as demandas são urgentes e diuturnas, resolvemos propor a adesão a uma solução simplificada e já consolidada no setor privado e em algumas áreas da esfera pública, o uso de um Chatbot”, frisou.

O chatbot é trabalhado em 3 eixos: 1) Solicitante de Dados 2) Dados da Fiscalização e 3) Anexos (imagens, Documentos e etc). O Telegram foi a plataforma escolhida pelo TJMA para implementação do Chatbot, tendo em vista ser uma ferramenta já regulamentada junto à instituição, facilitando o processo de construção e garantindo a solidez a longo prazo do projeto.

O servidor também registrou agradecimentos especiais às equipes da UMF e da Diretoria de Informática, pelo desenvolvimento do projeto.

“Nosso muito obrigado a todos os envolvidos no desenvolvimento deste importante projeto. Ao desembargador Marcelo Carvalho, coordenador-geral da Unidade de Monitoramento Carcerário, agradecemos por todo o apoio e visão moderna à frente do Judiciário; à coordenadora da UMF, Thaís Muniz, pela gestão moderna; ao chefe da Divisão Estrutural da UMF, Dalton Melo, por incentivar e agilizar a iniciativa; e à Diretoria de Informática, pelo empenho para a concretização do chatbot proposto”, disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários