Poder

Instituto que coloca Rosinha na liderança já foi acusado de fraude no Piauí

O Instituto que divulgou uma pesquisa onde aponta a liderança da professora Rosinha na disputa de Cururupu é acusado de suposta fraude no Piauí.

Segundo informações, o Instituto Qualitativa foi criado há 5 meses e vinha realizando diversos levantamentos a favor do senador Ciro Nogueira.

Em outubro, o juiz da 27ª Zona Eleitoral de Luzilândia, no Piauí, suspendeu a divulgação de pesquisa eleitoral deste mesmo instituto, atendendo pedido de tutela de urgência feito pela Comissão Provisória do PTB. Na decisão, o magistrado indicou 3 erros na pesquisa, e fixou multa diária de R$ 20 mil reais no caso de descumprimento da decisão.

Vários sites de notícia do Piauí fizeram matérias indicando que o referido instituto teria sido criado única e exclusivamente para divulgar resultados do PP, do senador Ciro e dos candidatos do partido dele, confundindo a opinião pública, criando pesquisas que não condizem com a realidade dos municípios e que têm apenas o interesse de criar uma falsa expectativa para atender os seus candidatos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários