Poder

Em Loreto, Germano Coelho é investigado por pagar R$ 3,2 milhões à empresa de fachada

Documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira mostram que o prefeito eleito de Loreto, Germano Coelho, está no bojo de 12 inquéritos Civis instaurados no Ministério Público por pagamentos de R$ 3,2 milhões à empresa de fachada.

As Representações são referentes à gestão de Coelho ocorrida entre 2009-2016 e tem como parte envolvida a empresa MN Empreendimentos Ltda.

As contratações foram efetuadas nos anos de 2014, 2015 e 2016, pelo gestor à época, sendo identificadas várias irregularidades nos procedimentos licitatórios pela Assessoria Técnica do MPMA.

Por conta desses contratos, foram realizados pagamentos, pelos cofres públicos municipais, no montante de R$ 3.255.143,96, ordenados pelo gestor municipal e pelos secretários das pastas de Finanças e Saúde.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários