Poder

Candidato a prefeito de Estreito é réu em processo por adulteração de veículos

Candidato a prefeito de Estreito, Cássio Antônio Paula Batista (DEM), conhecido como Dr. Cássio, réu em processo por adulteração de veículos.

O candidato a prefeito de Estreito, Cássio Antônio Paula Batista (DEM), conhecido como Dr. Cássio, é réu em um processo pelo crime de adulteração de veículos.

O Blog do Neto Ferreira teve acesso aos autos onde constam que o postulante ao cargo de chefe do Executivo Municipal foi flagrado com carro adulterado em 2016 na cidade de Estreito.

Segundo o documento, o candidato estava conduzindo o veículo quando foi parado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na ocasião, foi detido e levado para a Delegacia Regional da cidade.

O caso foi levado para o conhecimento do Ministério Público Estadual que ofereceu a denúncia contra o dr. Cássio à Justiça Estadual e pediu sua condenação pelo crime.

A 1ª Vara da Comarca de Estreito aceitou a Representação e iniciou o processo de julgamento. Durante o andamento do processo, o dr. Cássio alegou que era inocente, no entanto a defesa não foi aceita.

A juíza responsável pelo caso, Gisa Fernanda Nery Mendonça Benício, em um despacho datado 29 de junho de de 2017, afirmou que não há hipótese alguma para absolvição do réu. “Em face da apresentação de defesa preliminar pelo acusado e que não vislumbro, no caso em tela, nenhuma das hipóteses que possibilitem sua absolvição sumária, quais sejam: causa excludente de ilicitude, existência manifesta de causa excludente de culpabilidade, o fato narrado não constituir crime e estar extinta a punibilidade, determino a inclusão do feito em pauta de audiência de instrução e julgamento, oportunidade em que serão inquiridas as testemunhas arroladas pelas partes e o interrogado do acusado.”

O caso ainda em tramitação na Justiça estadual.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários