Poder

Prefeito de Miranda do Norte é alvo de inquérito criminal

O prefeito de Miranda do Norte, Carlos Eduardo Fonseca Belfort, o Júnior Negão, está sendo investigado mais uma vez em inquérito criminal instaurado na Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), chefiada por Eduardo Nicolau

A investigação está a cargo promotor Danilo José de Castro Ferreira, assessor especial da PGJ.

Segundo a Portaria publicada no Diário Eletrônico do Ministério Público Estadual, há indícios de que o prefeito tenha cometido crimes da Lei de Licitações.

As investigações iniciaram a partir de uma Notícia de Fato nº. 031662-500/2019, que foi convertida em Procedimento Investigatório Criminal (PIC) para dar continuidade ao processo e aprofundamento dos fatos.

O promotor tem um prazo de 90 dias para concluir o processo.

Essa não é primeira investigação que tem como personagem principal Carlos Negão. Recentemente, o gestor, que foi motorista do deputado federal Júnior Lourenço, foi denunciado pelo Parquet ao Tribunal de Justiça do Maranhão pelo crime de responsabilidade (reveja).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários