Poder

Beto das Vilas é afastado da Câmara de Ribamar por suspeita de fraudes licitatórias

O presidente da Câmara de Vereadores de São José de Ribamar, Beto das Vilas, está proibido de entrar nas dependências da Casa Legislativa.

Além disso, foi suspenso o exercício de suas funções públicas por tempo indeterminado, sob pena de imediata decretação de prisão, no caso do descumprimento destas medidas.

A decisão da Central de Inquéritos atendeu ao pedido da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), órgão da Polícia Civil.

Beto das Vilas, diretor administrativo, e outros servidores, foram alvos de uma operação que investiga a prática de fraudes licitatórias e peculato, crimes que podem ultrapassar desvio de valores na ordem de mais de R$ 300 mil.

De acordo com a Secor, os valores são decorrentes, principalmente, da contratação irregular de supostos serviços odontológicos e de assessoria em licitações. A primeira fase desta operação foi realizada no dia 2 de junho deste ano, quando a Seccor realizou uma busca e apreensão na sede da Câmara Municipal de São José de Ribamar.

As investigações do caso continua na Seccor até que seja finalizado o Inquérito Policial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários