Poder

Acusados de assaltar e manter taxista como refém são presos em São José de Ribamar

Foto ilustração

Duas pessoas foram presas pela Polícia Militar suspeitas de participação em diversos assaltos e manter em cárcere privado um motorista de táxi em São José de Ribamar, Região Metropolitana de
São Luís.

Segundo informações da polícia, na segunda-feira (24), por volta das 21h, duas mulheres solicitaram uma corrida de táxi na cidade de São José de Ribamar. Ao chegarem ao destino final, criminosos abordaram o taxista, roubaram e o mantiveram em cárcere privado enquanto o restante do grupo utilizava o veículo para cometer outros assaltos.

Já na manhã de terça-feira (25), durante a operação denominada “Tornado”, policiais militares do 13ºBPM receberam informação sobre a autoria e localização dos suspeitos envolvidos no assalto ao taxista.

Após abordagens nos endereços informados, a polícia prendeu uma das mulheres que solicitou a corrida, além de um dos envolvidos no assalto e cárcere privado contra o taxista. Os dois suspeitos foram reconhecidos pela vítima e conduzidos para a Delegacia Especial de São José de Ribamar, onde foram autuados por roubo qualificado, restrição de liberdade da vítima, emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e por promover organização criminosa.

A polícia também revelou que o homem preso na ação era um dos alvos de uma outra operação denominada “Poder Paralelo”, o mesmo já havia sido preso em flagrante no dia 6 de agosto, com outros dois suspeitos, em posse de cinco armas de fogo de diferentes calibres, incluindo uma submetralhadora 9mm. Entretanto, havia sido solto no dia seguinte após audiência de custódia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários