Poder

Após acusação, concessionária da Land Rover nega problemas em conserto de veículo

O diretor Comercial da Concessionária WAY – Jaguar/Land Rover, Marcos Aurélio Coelho, emitiu nota sobre a matéria intitulada “Cliente detona concessionária da Land Rover em São Luís” publicada no Blog do Neto Ferreira e classificou as denúncias como “equívocos”.

Segundo Coelho, as denúncias feitas pelo empresário Antônio Rodrigues Neto são improcedentes, pois todos os serviços realizados no veículo foram executados de maneira correta e dentro do padrão.

Além disso, o diretor afirmou que o carro não foi comprado na loja autorizada, portanto a garantia sobre a sua procedência não é de competência da Way.

A nota diz ainda que o veículo já encontra-se na concessionária para as devidas correções em razão de uma nova pane elétrica.

Leia abaixo:

“Prezado jornalista, bom dia.

Usando desse espaço, democraticamente oferecido aos seus leitores e por entender o seu compromisso com os fatos e não somente com a versão, e considerando ainda o nosso compromisso, respeito e urbanidade, dispensados à todos os nosso cliente, apresentamos abaixo as circunstância em que se deu o atendimento ao veiculo do Sr. Antônio Rodrigues Neto, para ao fim afirmar serem de todo IMPROCEDENTES os “equívocos” proferidos pelo mencionado reclamante:

1. Preliminarmente, vale ressaltar que o veículo em questão trata-se de um modelo SEMINOVO, adquirido fora da nossa concessionária, cujas garantias sobre a sua procedência não são de competência da Way;

2. A primeira entrada dessa veiculo na nossa oficina foi relatado problema no arrefecimento do ar condicionado, diagnosticado como ausência de gás. Solucionado em 48h. Veículo devolvido em perfeito estado de uso.

3. Posteriormente retornou à concessionária alegando descolamento da borracha do pára-brisa. Diagnosticado o problema a Way realizou o procedimento em GARANTIA para a substituição COMPLETA do pára-brisa. Zero de custo para o reclamante.

4. Retorna para revisão de 30.000,00. Realizado o serviço, no momento da entrega o veículo não funcionou. Veiculo foi escaneado não apresentando nenhum inconveniente, voltando a funcionar em seguida, ocasião em que o veículo foi liberado para entrega no dia seguinte.

5. Na data presente o veículo encontra-se na concessionária. Nosso técnico foi buscá-lo na residência do reclamante, devido ao fato do mesmo ter apresentado nova pane elétrica (confirme vídeo publicado no seu blog), ocasião em que o veiculo voltou a funcionar, sendo conduzido para a nossa oficina, onde se encontra no momento. Como se pode deduzir, trata-se de um problema intermitente. Tudo indica ser algo relacionado ao módulo da chave.

Portanto, as explicações acima põem por terra toda a narrativa “equivocada” do reclamante. A Way tem prestado toda a assistência técnica necessária e dado todo o apoio logístico para a sua conveniência , conforto e segurança.”

Atenciosamente,

Marcos Aurelio G. Coelho
Diretor Comercial.
WAY – Jaguar/Land Rover


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Após acusação, concessionária da Land Rover nega problemas em conserto de veículo”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Joao Jr

    Essa WAY é uma bosta mesmo.

    O fato do carro ser seminovo não invalida a garantia. O mesmo pode ter sido comprado em outra concessionária, de outra pessoa, etc… Isso só mostra o quanto eles não confiam na própria marca que representam, e ainda colocam em cheque a idoneidade do dono do veículos. Veja que no item 4, após a revisão (de 30 mil) praticamente zero, o carro apresentou problema e mesmo assim resolveram entregar para o dono. Logo, percebe-se que o problema vinha ocorrendo desde a revisão e mesmo assim a empresa entregou o carro pro proprietário.

    Já tive outras experiẽncias com essa concessionária. A verdade é que não uso mais os carros desta marca, devido ao péssimo serviço prestado, que é chamado de pós-venda.

    Eles só sabem fazer o básico: Trocar óleo, filtros, e passar o scanner para resetar os dados. Passou disso, lascou.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários