Poder

Ex-prefeito tem contas reprovadas por não comprovar gastos de R$ 2,1 mihões

O ex-prefeito de Presidente Sarney, Edison Bispo Chagas, teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por irregularidades na aplicação do Fundeb.

A Corte afirmou que o gestor não encaminhou os documentos de toda a movimentação feita com recursos do Fundeb, nem a lista de bens móveis e imóveis adquiridos com a verba.

Outro ponto colocado pelos conselheiros do TCE é que Edison não enviou a relação dos processos licitatórios específicos da Educação.

Além disso, houve despesas com construção, reforma e ampliação de unidades escolares, aquisição de material de consumo, equipamentos e material permanente e contratação de serviços junto a empresa de transporte, no total de R$ 2.127.505,50 milhões, com indícios de irregularidades.

Em razão disso, os membros do Tribunal decidiram julgar irregulares as contas do ex-prefeito e aplicar multa de R$ 10 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários