Poder

Prefeitura prevê superávit primário e investimento 31,2% menor em 2018

Do G1

Levantamento do G1 com base nas leis orçamentárias de 2017 e 2018 sancionadas mostra situação das contas das prefeituras das capitais brasileiras.

A Prefeitura de São Luís (MA) prevê para o ano de 2018 um superávit de R$ 147 mil em seu resultado primário. Mas para alcançar isso, projeta despesas de investimento 31,2% menores na comparação com 2017.

Ao calcular que haverá superávit primário, a prefeitura prevê que as receitas, como impostos e transferências de estados e da União, serão suficientes para bancar as despesas, como pagamento de pessoal e investimentos, sem contar as operações financeiras, como pagamento de juros e amortização de empréstimos.

Os investimentos são os gastos com obras e compras de equipamentos destinados a ampliar a capacidade das prefeituras de atenderem à população, como a construção de terminais de ônibus e a aquisição de aparelhos para a realização exames médicos.

Quando uma prefeitura prevê reduções nesse tipo de despesas, são essas as atividades que podem ser afetadas.

Enquanto as depesas de investimento devem cair 31,2% cair, as despesas correntes – que pagam o custeio da cidade, como salários de servidores – devem cair 1,95%. Em 2017, a inflação oficial foi de 2,95%.

Em 2018, o orçamento aprovado de São Luís prevê:

Receita total de R$ 3,05 bilhões, alta de 9,5% ante R$ 2,78 bilhões em 2017
Superávit primário de R$ 147 mil, ante déficit de R$ 47,6 milhões em 2017
Despesas de investimento de R$ 178,6 milhões, queda de 31,17% ante R$ 259,5 milhões em 2017
Despesas correntes de R$ 2,7 bilhões, queda de 1,95% ante R$ 2,76 bilhões em 2017


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários