Poder

Flávio Dino usa a ingerência no TJ, PGJ e outros poderes

Desembargadora Nelma Sarney, vítima da intromissão do governador do Maranhão.

Desembargadora Nelma Sarney, vítima da intromissão do governador do Maranhão.

Embora não seja explícito, mas determinadas atitudes do governador Flávio Dino (PCdoB) resultaram em desgaste no Tribunal de Justiça do Maranhão.

O Palácio dos Leões já colocou a desembargadora Nelma Sarney em constrangimento com seus pares, pelo parentesco com a ex-governadora Roseana Sarney. O exemplo disso foi a eleição para presidência da Corte.

A ingerência palaciana se tornou uma perseguição velada, descabido e recheado de preconceito.

Da mesma forma, Dino fará questão de interferir na escolha após eleição para chefe da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) do Maranhão, biênio 2018/2020.

E todos sabem de sua preferencia: reconduzir Luis Gonzaga Martins Coelho por mais dois anos na PGJ.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Flávio Dino usa a ingerência no TJ, PGJ e outros poderes”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Rivellino

    Viva Carmen Joana Lúcida D’arc!
    Mas rezemos para Nosso Chefão mor…
    — AMÉM?
    — AMÉÉÉM!
    .
    Senhor, fazei de mim
    um instrumento da corrupção
    e do golpe a Constituição.
    Onde tiver gorjeta,
    que eu encha a maleta.
    Que seja minha sina
    receber propina.
    E se houver mutreta que eu mame na teta.
    Mídia?…
    Imprensa?…
    Tudo é perfídia!
    Quero é minha recompensa!
    Não sou peixe-lobo,
    Sou sim um apedeuta.
    Odeio a Rede-Globo.
    Sem opinião de jornalista traíra,
    são todos PiG golpistas.
    Do PCdoB amo a Jandira,
    Na cultura o Ipojuca
    Amo e divulgo,
    Tudo que é porralouca
    Depois da meia-noite urubu vira frango,
    semeio tudo que é barango.
    Vem na minha companheiro!
    Só não faz pergunta difícil.
    Não sou artilheiro,
    sou como mulher fácil.
    Mas adoro mesmo é dinheiro.
    Amém?
    A-méééém!
    .
    {reza de Nosso Chefão-mór, o Luladrão.}.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários