Poder

Em áudio, executivo da JBS fala que presidente do STF fazia “suruba” com Dilma

{059C048D-C1AA-4448-A95C-437F0E028CE1}_carmem33

Nos áudios entregues pela JBS na última semana aparece uma conversa entre o presidente e o executivo da empresa, Joesley Batista e Ricardo Saud, que comentam sobre suruba entre a presidente do STF, Cármen Lúcia, e a ex-presidente da República, Dilma Rousseff.

Nesse trecho, entre outras coisas, Saud fala: “Mas se contar Lewandowski pode ser sim… (parte inaudível) falou assim lá pra mim “mas ele tinha essa intimidade com a Dilma?”… “intimidade? eu vou te contar, eu achei que os três estavam fazendo suruba” … porque ele falou da Carmen Lúcia, (parte inaudível) da Carmen Lúcia que vai lá falar do (parte inaudível) com a Dilma e tal, os três juntos, tal tal tal…. “ah então ele tem mesmo essa intimidade?”… (parte inaudível) os cara… falei não é mentira não.. foi tô falando (parte inaudível) contei pra ele, falamos do escritório, falamos da conta…”

Os áudios citam ainda os nomes de 2 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), além da presidente da Corte: Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Leia os trechos dos diálogos aqui.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários