Poder

Governo enganou deputados com emendas fictícias de R$ 1,5 milhão

Inviabilizados com os municípios que detém apoios políticos, os deputados estaduais da base (ou aqueles que votam favorável) aliada já perceberem que foram pela terceira vez enganados pelo governador do Maranhão.

Em uma reunião no mês de março entre os parlamentares e presidente da Assembleia Humberto Coutinho (PDT), foi prometido uma emenda de R$ 1,5 milhão.

A emenda, que serviria para ajudar os municípios, seria liberada no primeiro semestre deste ano. Ocorre, porem, nada foi autorizado e não passou de uma ficção.

Revoltados com o desprestígio, deputados decidiram não participar mais das sessões para evitar votar nos projetos ou medidas provisórias de interesse do Palácio dos Leões.

Desde segunda-feira (28), o governo tenta e não consegue votação da Medida Provisória nº 239/2017 (mensagem nº 052/17) de autoria do Poder Executivo, que institui sistemática de tributação para instalação e operação de refinaria de petróleo no Estado do Maranhão e dá outras providências.

O não pagamento das emendas leva os deputados, sem sombra de dúvidas, ao ridículo e exposição negativa perante as lideranças que cobram a efetiva atuação em prol dos municípios.

Procurado pela reportagem, o líder do governo deputado Rogerio Cafeteira (PSB), alegou que a existencia de inadimplência das prefeituras impossibilita no pagamento de algumas emendas. Para Cafeteira, as prefeituras têm parcela de culpa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Governo enganou deputados com emendas fictícias de R$ 1,5 milhão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Antonio

    GOVERNADOR AJUDE OS DEPUTADOS E OS 217-ADVERSÁRIOS DOS PREFEITOS QUE PERDERAM AS ELEIÇÕES DE 2016, TENHA SUA REELEIÇÃO GARANTIDA, ESTÁ COM A MÁQUINA NA MÃO.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários