Poder

Servidores promovem ato público contra suspensão de benefício em Santa Luzia

IMG_5637

Revoltados com a má gestão da prefeita Francilene Paixão de Queiroz, a França de Macaquinho, servidores da educação de Santa Luzia do Tide resolveram promover um ato público para reivindicar os direitos retirados da categoria indevidamente.

Segundos os manifestantes, a gestora fez uma manobra para não pagar o quinquênio -beneficio de 5% concedido a cada 5 anos- aos servidores públicos.

Por conta das suspensão, os educadores entraram em greve e o projeto que previa a retirada do benefício foi para Câmara, onde foi votado e aprovado, por unanimidade, a favor de ser pago o quinquênio e o retroativo.

IMG_5636

IMG_5638


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários