Poder

Rodoviários aderem à greve geral e ônibus não irão circular amanhã, em São Luís

greve-onibus-sao-luis-e1454624299599

Aderindo ao movimento nacional, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa que a categoria fará uma paralisação nesta sexta-­feira (28), das 0h às 16h, como forma de protesto contra as medidas que afetam o trabalhador brasileiro, como a Reforma da Previdência e a Lei da Terceirização, adotadas pelo Governo Federal. Em reunião na manhã desta quinta­-feira (27), representantes das principais centrais sindicais estiveram presentes para acertarem o dia de paralisações em São Luís.

Segundo com o que foi definido, os diretores do Sindicato dos Rodoviários irão para as portas das garagens das empresas, logo nas primeiras horas do dia, para orientar motoristas e cobradores e fiscais, quanto a importância do engajamento no movimento nacional. Assim como outras categorias, os rodoviários são contra as propostas do atual Governo Temer, considerados por muitos outros movimentos como ilegítimos.

“Diferentemente desse Governo, o movimento desta sexta-­feira (28), é legitimo e acima de tudo, preserva, defende os direitos dos brasileiros. Não podemos permitir que o Congresso Nacional, nos apunhale pelas costas. Nossa contribuição aos atos, que irão ocorrer em todo o país é fazer com que a categoria, cruze os braços e nem saia com os ônibus das garagens. É preciso que todos os trabalhadores se manifestem. Não podemos admitir que os brasileiros sejam derrotados. Vamos mostrar para Michel Temer e os aliados dele, que o povo é mais forte e é quem manda no Brasil”, declara Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários