Poder

Mulher é presa tentando entrar em presídio como maconha na parte intima

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que registrou, no fim da manhã desta quarta-feira (21), o sexto flagrante na ‘Portaria Unificada’ do Complexo Penitenciário São Luís.

Thalia Karollayne Correia foi pega no Body Scan (escâner corporal), tentando entrar com um invólucro de aproximadamente 9×6 cm, contendo substância semelhante a maconha, na região pélvica.

Segundo a Supervisão de Segurança Interna (SSI) do sistema prisional, a suspeita visitaria e entregaria o ilícito ao companheiro, o interno Celso Expedito Ferreira Neto, custodiado na UPSL 4, antigo PSL 1.

Conduzida à delegacia da área, a visitante afirmou ter recebido a droga de um desconhecido, a mando do próprio companheiro, e que teria sido obrigada por este a tentar passar pelo equipamento de raio-X.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários