Poder

As mentiras para favorecer Edivaldo

Por essa, Edivaldo não esperava.

O instituto orquestrado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), o Data M, tentou emplacar a reeleição do aliado no 1º turno, mas a tática não deu certo; e pelo andar da carruagem, Holandinha deve dar tchau ao Palácio La Ravardiere no próxima dia 30, data da realização do 2º turno.

O candidato revelação, Eduardo Braide (PMN), nem nos piores pesadelos de Edivaldo foi cogitado para o enfrentamento  final na disputa pela Prefeitura de São Luís. O prefeito desmereceu o atual rival, durante a campanha eleitoral, e agora se ver em maus lençóis com a real possibilidade de deixar o trono.

Edivaldo foi pego de calças curtas e, agora, vai ter que correr contra o tempo para tentar reverter o quadro que não lhe é favorável. Eduardo Braide não estava nos seus planos. Agora, Holandinha deve se preparar para o embate face a face com o adversário, que vem mais entusiasmado e municiado para o segundo round.

Com a arrancada inusitada de Braide, sem sombras de dúvidas, Edivaldo entra menor na disputa do 2º turno. Agora, a preocupação e o medo rondam os palácios de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários