Poder

Perguntas que Holandinha será obrigado a responder na campanha…

Marco D’Eça

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) tem muitas respostas a dar à população de São Luís a respeito de sua gestão em São Luís, reprovada pela maioria do eleitorado, segundo pesquisa Escutec.

E as perguntas serão feitas, fatalmente, durante a campanha eleitoral, seja na propaganda, seja nos debates previstos.

Algumas delas:

1 – Para onde foram os R$ 33 milhões de um contrato com o Instituto Superior de Educação Continuada (ISEC), agora investigado pelo Ministério Público?

Há acusações de dois dos candidatos a prefeito – Fábio Câmara (PMDB) e Wellington do Curso (PP) – de que os recursos foram, na verdade, desviados para favorecer a base de vereadores e aliados políticos do prefeito. (Releia aqui, aqui e aqui).

onibus

2 – Por que os ônibus que supostamente serão usados em São Luís após conclusão da licitação no transporte já estão comprados – alguns desde janeiro, quando ainda sequer se sabia quais as empresas que venceriam a concorrência?

Ainda em fase de conclusão, a suposta licitação promovida por Holandinha teve como vencedora apenas as mesmas empresas que atuam no sistema em São Luís; e algumas já até anunciam ônibus desde janeiro, inclusive com novo layout.

vlt

3 – Quanto custou, ao longo dos quatro anos de mandato do prefeito, o armazenamento do VLT comprado por R$ 7 milhões na gestão anterior e jogado desde 2013 em um depósito nos arredores de São Luís?

Logo que assumiu, Edivaldo prometeu continuar o projeto do VLT, mas arrancou os trilhos já colocados pelo ex-prefeito João Castelo (PSDB) e guardou o trem em um depósito, ao custo especulado de R$ 200 mil mensais.

maternidade

4 – Porque o prefeito não conseguiu sequer iniciar a obra da Maternidade da Cidade Operária, anunciada por ele próprio como símbolo de sua gestão e cujo terreno está abandonado desde o início da gestão?

Edivaldo mandou instalar placa dando a data de 26 de junho passado para entrega da obra, que sequer saiu do papel. Há informações e que recursos federai foram encaminhados para realização da obra, que v irou símbolo apenas da incapacidade da gestão.

São apenas quatro perguntas. Há outras.

Mas, se não tiver explicação para estas, o prefeito terá fortes dores de cabeça durante a campanha…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Perguntas que Holandinha será obrigado a responder na campanha…”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Davi

    Todas essas perguntas já foram devidamente respondidas, não entendi prq da dúuvida.

  2. Carlos

    O cara pega uma gestão quase valida, sem verba, muitor problemas pra resolver, projetos inacabados e até impossiveis de se realizar, como país em crise sem liberar verba e nego ainda quer que ele faça milagres. muita calma nessa hora né.Ele ta fazendo as coisas na medida do possivel.

  3. Roberto

    As explicações estão em falta de repasse e em obras inviaveis como foi essa do VLT.

  4. Marcela

    Não concordo! Ao meu o grande problema de Edivaldo será apresentar um projeto pra cidade melhor que o que ele já vem fazendo, pois essa gestão dele foi maravilhosa.

  5. Rodrigo

    Essas perguntas acredito que teriam sentido se dirigidas a Castelo, o ex prefeito que fez um pandemonio na prefeitura e deixou para o atual resolver. E vejo que ele tem resolvido por que a cidade é outra com Edivaldo.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários