Poder

Denasus detecta falhas do Samu de Buriticupu

Aauditoria identificou não conformidades que contrariam a legislação pertinente.

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) verificou o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do Município de Buriticupu, no exercício de 2014,  e identificou não conformidades que contrariam a legislação pertinente.

2

Dentre as desconformidades, foram detectadas o não funcionamento do sinalizador óptico e acústico; inexistência do kit catástrofe na Unidade de Suporte Avançado e do rádio de comunicação móvel; não funcionamento do rádio de comunicação fixo; desatualização cadastral e inexistência de vínculo empregatício por meio de concurso público dos profissionais das equipes do SAMU.

A equipe também detectou o local inadequado para lavagem e desinfecção das ambulâncias e ambientes físicos necessitando de correções, a fim de proporcionar mais conforto aos profissionais. A auditoria também verificou que as unidades móveis do SAMU de Buriticupu não foram incorporadas ao Patrimônio Municipal e não dispõe de seguro contra sinistro, assim como, não existem fichas individuais das viaturas, com controle de manutenção preventiva, de quilometragem e de combustível.

Ainda de acordo com o Relatório do DENASUS,  a Contrapartida Municipal do exercício de 2014 não foi comprovada na sua totalidade. Também não foram apresentadas justificativas pela Secretaria Municipal de Saúde e Coordenação Geral do SAMU, sendo emitidas recomendações para cada justificativa não conforme, que deverão ser implementadas, de acordo com as diretrizes emanadas pela Política de Urgência e Emergência.

1

3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários