Poder

Imperatriz recebe mais de R$ 2,2 milhões do Estado, mas saúde continua precária

O montante foi repassado ao Fundo Municipal de Saúde.

Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, é um Município privilegiado e muito bem abastecido por verbas estaduais e federais. No entanto, a população padece com a precariedade dos setores básicos, principalmente na área da saúde; o que revolta ainda mais, pois o prefeito Sebastião Madeira e a secretária de Saúde, primeira-dama do Município, Conceição Andrade, são médicos.

As condições precárias dos serviços médicos são totalmente neglicenciados pelo casal, o que prejudica o atendimento nas unidades de saúde, comprometendo o estado clínico dos pacientes. A população que depende dos serviços públicos está à mercê da própria sorte. Sebastião e Conceição Madeira agem em prol dos seus próprios interesses.

Para abastecer, ainda mais, as contas da prefeitura, o Governo do Estado transferiu a rica quantia de R$ 2.265.502,39 ao Fundo Municipal de Saúde de Imperatriz, para atender o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Farmácia Básica.

Os valores, que variaram entre R$ 148.367,11 e R$ 1.199.571,75, foram pagos nos meses de março e abril deste ano. Só no último dia 22, foram repassados R$ 1.446.848,60. Infelizmente, é muito dinheiro nas mãos de quem não o sabe administrar em prol da população.

No mês passado, o Blog divulgou uma matéria sobre as irregularidades na pasta da Saúde de Imperatriz, constatadas pela Controladoria-Geral da União (Reveja). O órgão apontou um rombo superior a R$ 11 milhões, em decorrência das fraudes contratuais.

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários