Poder

Governo deixa escola estadual virar abrigo para marginais

A população não aguenta mais a situação.

IMG-20160524-WA0002

No Município de Paraibano, a população está sendo prejudicada pelo abandono da Escola Estadual Edson Lobão, localizada na rua do Poema, Centro. Hoje, o cenário é desolador. Parte do muro foi destruído, paredes foram abaixo, o telhado está comprometido, livros didáticos estão espalhados por algumas salas, carteiras quebradas e há mato por todo lado.

A unidade está desativada e, atualmente, serve de abrigo para marginais. A população do entorno da escola não aguenta mais a ação dos vândalos no local e os constantes assaltos na região. A unidade serve de ‘apoio’ para os assaltantes e para os usuários de drogas.

A escola era cedida para o Município até janeiro de 2015, quando a Gerência Regional de Educação, já na gestão do governador Flávio Dino, requisitou o prédio.  Desde então, o local ficou completamente abandonado e passou a ser alvo da ação de bandidos. Um verdadeiro descaso com a coisa pública.

A Polícia Militar já foi acionada várias vezes para coibir a ação de vândalos no local, que tentam derrubar o que restou do muro, provocando explosões, que assustam os moradores da área. O sossego não demora muito, pois novamente o grupo volta ao local; e o medo e a revolta tomam conta da população de Paraibano.

Diante do descaso com a unidade de ensino, a prefeita do Município, Aparecida Furtado, alega que a prefeitura já solicitou o prédio ao Governo do Estado, mas não obteve sucesso. Lamentável!

IMG-20160524-WA0001

IMG-20160524-WA0003

IMG-20160524-WA0004


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários