Poder

Deputado do PCdoB nega acusações, mas não explica sobre direcionamento de obra

O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB), negou as acusações de que esteriam direcionado obra para benefício eleitoreiro.

De acordo com o parlamentar, o áudio não passa de uma jogada política e eleitoral, embora ele diga no referido diálogo que servirá para uso político a execução rápida da obra. Abaixo a nota:

Nota Pública

Sobre o áudio divulgado para atacar meu trabalho a favor de Imperatriz, quero logo afirmar que:

1- É uma gravação manipulada, clandestina e de má fé.

2- Não há nessa gravação qualquer citação de favorecimento ilícito ao
mandato que exerço.
3- Minha intervenção nesse projeto teve dois objetivos: economizar recursos públicos, e fazer a obra da praça o mais rápido possível. Nem mesmo essa gravação criminosa nega esses fatos.
4 – Essa suposta “denúncia” não passa de uma jogada política e eleitoral.
Tem gente que hora está de um lado, hora de outro. O meu sempre foi e sempre será um só.
5. Seguirei de cabeça erguida e manterei meu trabalho em prol do nosso povo, pois é meu dever e obrigação atender aos anseios da nossa população, trazendo obras e ajudando a desenvolver a nossa cidade e região.

Deputado Prof Marco Aurélio


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Deputado do PCdoB nega acusações, mas não explica sobre direcionamento de obra”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Imparcial

    Político é bicho cara de pau mesmo, as provas do ilícico estão na frente e eles negando, ô raça nojenta.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários