Poder

Empresário diz à PF nomes de Prefeituras que compraram medicamentos falsos

Após investigações, foi descoberto que a falsificação do medicamento teria sido feita por uma pessoa que encontrou os medicamentos descartados no lixo, adulterando o rótulo e a validade.

O empresário preso pela Polícia Federal em flagrante na sexta-feira (21), entregou parte da lista das prefeituras e hospitais particulares que compraram medicamentos falsidicados.

Fiscais da Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária (Suvisa), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) encontraram lote falsificado do medicamento Succinato de Sódio de Clorofenicol-1G, que estava sendo utilizado na Clínica Centro Médico, no município de Caxias.

Após a Anvisa receber a denúncia, a Vigilância Sanitária instaurou a investigação. Além dos medicamentos apreendidos, a Clínica teve o centro cirúrgico interditado, por não possui alvará de funcionamento.

Os fiscais também se deslocaram até a capital do Piauí, Teresina, para verificar um possível centro de distribuição do mesmo medicamento, mais nada foi encontrado.

Da falsificação

Após investigações, foi descoberto que a falsificação do medicamento teria sido feita por uma pessoa que encontrou os medicamentos descartados no lixo, adulterando o rótulo e a validade. Em seguida, vendeu para a clínica, que como não estava licenciada, comprava os remédios de forma irregular.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários